terça-feira, 10 de julho de 2012

Meu Convite



Para aqueles que não foram comigo até o fim,
aqueles que não tiveram coragem de começar,
temeram me ter e não conseguiram me aceitar,
que a tranqüilidade chegue como uma brisa
e meu sorriso se afaste com o vento
dos novos momentos.

Para aqueles que tiveram duvidas ao meu lado,
não apreciaram as minhas idéias a ponto de entreter-las,
não compraram minhas brigas e perdoaram meus erros
que o desconhecido lhe traga um outro apertar no peito,
e se desfaça em você o meu jeito
seguindo seus passos para um suave leito.

Para aqueles que tentaram, se esforçaram e comigo caminharam,
certamente chegamos aonde íamos e terminamos por tempo determinado.
Nada ficou triste, nem desacertado nosso tempo era contato
espero ter bem te tratado e muito te ensinado,
só me resta um obrigado.

E para aquele único que estiver comigo até o fim,
esse sim, vai ter tudo de mim e ver borboletas em letras,
musica no silêncio, arco-ires de alegria, dias transformados em poesias,
liberdade de verdade, a metamorfose das minhas idades
felicidade em forma de fraternidade,
amor de noite e de dia sem limite
com tudo que a alma permite
e na vida apaixonada existe.
Esse é o meu convite.

Um comentário:

  1. Lindo poema, mas a vida é isso, encontro e desencontros em que quem realmente te ama é aquela pessoa que faz de tudo para manter o seu sorriso no rosto.

    ResponderExcluir

É muito bom compartilhar idéias e pensamentos com vocês.

Obrigada!