segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Mais uma Missão



Que eu caminhe até a ponta das minhas esperanças
e que mesmo cansada
eu não perca o olhar puro de criança,
que ainda carrego
em prol das melhorias do mundo, 
diante dessa atribulada andança.

Que eu consiga compartilhar minha fé,
mesmo sabendo
que o mundo as vezes é triste
e que os homens destroem 
o que aqui dentro consiste.
O bem em mim existe
e isso me basta
para entender que alguns buscam
como eu e outros se afastam da luz
por conta própria.

Que eu seja amor onde quer que eu esteja,
pois assim o mal não me deseja
e corre em correntezas opostas
a todas as minhas lutas 
e as minhas apostas.

Eu não tenho o poder
de salvar a evolução de ninguém,
mas tenho a obrigação
de ajudar o progresso
de todos e qualquer irmão.
Assim programou o meu coração,
antes de iniciar mais 
uma missão.