sexta-feira, 8 de abril de 2011

Acabe mais Tarde



E as pessoas insistem
em me dizer que a paixão
é sofrimento, tormento,
procurar "sarna para se coçar".
E eu persisto na busca,
porque viver em emoções mornas,
me corrói, destrói aquela mulher fogosa,
que carrego em mim.
Sufoca a menina atrevida 
e faz sem graça, sem cor a estrada.
Como quem segue na vida,
cinza, nublado, fraco
sem saber o que é confiar
no seu próprio taco.
Não essa não é a minha personalidade,
de paixão e forte sensações,
depende a minha felicidade.
Que isso em mim,
só acabe mais tarde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É muito bom compartilhar idéias e pensamentos com vocês.

Obrigada!