domingo, 27 de fevereiro de 2011

"Às vezes me Pego" (Mimi)

Às vezes me pego.
Me pego mesmo, 
pois estou sempre em movimento 
e o momento passa tão depressa...
Gosto de me pegar, 
parar o tempo 
e devanear.
Dificil, tanto para realizar, 
pensar, educar, pagar...
mas sem preço e me escutar, 
me ver mudar, 
crescer, cair, levantar 
e perceber 
que eu ainda tenho vontade 
de agradecer.
E por isso que eu me pego, 
para não me esquecer.
Não esquecer de me olhar, 
de me sentir, 
mais apta a melhorar .
Quero evoluir, 
quero aprender e ensinar, 
mesmo sem saber, 
sem sentir.
Quero tentar.
E vou tentando, 
me perdendo e me achando, 
concordando e discordando,
sorrindo e chorando.
Quero mesmo é me amar.
Tomara que eu chegue lá.

Um comentário:

  1. Hey now! Adorei esse pega-pega todo!
    Vivendo e aprendendo, pegando e se desapegando! Voce chega la lutando Mimi!

    Muito bom a poesia! Parabens!

    Bessos de seu hermano brodito!
    n.a.n.o.

    ResponderExcluir

É muito bom compartilhar idéias e pensamentos com vocês.

Obrigada!