segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Meu Próprio Amanhecer


"Eu chorei sozinha aquela noite
até por que pensei que você realmente vinha
para me salvar dos meus próprios pesadelos.
Distante do seu corpo sinto muito frio,
no meu coração bate um vazio
que é difícil de transcrever
e por mais que eu sofra,
eu também sei, que é através de você
que eu vou crescer e aprender
a ser o meu próprio amanhecer. 
Não tenho medo do dia seguinte,
mas sinto falta do que em mim insiste."

(Sabrina Mata - Cartas de Amor) 

Um comentário:

  1. Oi amiga querida!!!

    Que delícia expor idéias vindo da alma para as pessoas sonharem.
    Admiro seus poemas, amo seus dizeres e torço pelo seu sucesso.
    Continue linda, inteligente e sensível, isso é seu mais de ninguém.

    love you.Tati Tuti

    ResponderExcluir

É muito bom compartilhar idéias e pensamentos com vocês.

Obrigada!