quinta-feira, 17 de junho de 2010

E o amor sempre diz alguma coisa...



"Que o amor seja selado
com um beijo ardente
e não pesado
como um fardo cerrado.
Que suas palavras
me encham de carinho e proteção,
sem espaço para insultos e palavrão.
E que a gente seja apenas um todo,
sem vazio e pensamento tolo.
Porque quando estou ao seu lado,
me sinto inteira e especial,
e não quero ter medo de nenhuma emoção,
pois sei exatamente o que diz meu coração."



5 comentários:

  1. Bonito poema, disse tudo em sua plenitude.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. AMOR UMA PALAVRA SEM SENTIDO PARA MIM ,DE ONDE VIM,BEIJOS DE JUDAS É O QUE CONHEÇO,INSULTOS E PALAVRÃO DE PENSAMENTOS VAZIO E TOLO,NENHUMA EMOÇÃO ESPECIAL NO CORAÇÃO,SIGO NA PROCURA PARA O AMOR ME DIZER ALGUMA COISA, BJS/

    ResponderExcluir
  3. Sabrina, a experiência de ler os seus escritos foi uma agradável surpresa. Continue a fazer-nos sonhar, onde quer que seja.

    Daniel Ruívo Neto

    ResponderExcluir
  4. Também costumo ouvir o coração...
    É bom sentir o que nem o coração consegue falar!

    Gostei do seu espaço e da sua forma de escrever. Voltarei.

    Beijinho

    ResponderExcluir

É muito bom compartilhar idéias e pensamentos com vocês.

Obrigada!