sábado, 26 de dezembro de 2009

Numa noite de Natal...


Era uma vez um menino sozinho em noite de Natal.
Ele sentia frio, fome... mas não perdia a esperança de encontrar uma estrela cadente,
para fazer um pedido especial.
Perdido entre constelações e cochiladas, pois se a dormir.
Sem sentir o sono sonhou com a estrela cadente
e acordou em outra esfera pronto para plasmar seus desejos
e abrir seus presentes.
Tomado por uma voz suave, de senhora serena e simples;
despertou e seguiu aquele chamado solidario;
Ha uma noite de ceia e abrigo numa ONG que acolhia meninos de rua,
e transitava naquela área por conta das vibrações atrativas
dos anseios trabalhados no sonho daquele menino.

A gente plasma, pensa, experimenta tudo no espiritual, antes de vivênciar.
Acredite nos seu sonhos e cuidado com os pensamentos negativos... transmita paz,
antes de buscar respostas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É muito bom compartilhar idéias e pensamentos com vocês.

Obrigada!