terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Cheers!!!


Um ano novo de paixão,
emoção,
força,
união,
entrega,
crescimento,
ecologia,
vitória,
superação,
conquistas,
saúde,
realização,
perdão,
amor,
luz,
paz,
fé,
crenças,
sonhos,
alegria,
criatividade,
inspiração,
movimento
e momentos inesquecíveis para todos!
Que venha 2010... que 2014 e 2016 é nosso!
Copa do Mundo e Olimpíadas
no Brasil.
A gente é
gente que faz.
Cheers!!!




sábado, 26 de dezembro de 2009

Numa noite de Natal...


Era uma vez um menino sozinho em noite de Natal.
Ele sentia frio, fome... mas não perdia a esperança de encontrar uma estrela cadente,
para fazer um pedido especial.
Perdido entre constelações e cochiladas, pois se a dormir.
Sem sentir o sono sonhou com a estrela cadente
e acordou em outra esfera pronto para plasmar seus desejos
e abrir seus presentes.
Tomado por uma voz suave, de senhora serena e simples;
despertou e seguiu aquele chamado solidario;
Ha uma noite de ceia e abrigo numa ONG que acolhia meninos de rua,
e transitava naquela área por conta das vibrações atrativas
dos anseios trabalhados no sonho daquele menino.

A gente plasma, pensa, experimenta tudo no espiritual, antes de vivênciar.
Acredite nos seu sonhos e cuidado com os pensamentos negativos... transmita paz,
antes de buscar respostas.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Filme mudo...


Seria mais fácil assim...

Amor de cheiro, alma

E coração.

Paz no lar

E harmonia em emoção.

Seria tão mais facil

Realidade leve,

Por vinhos, papos gostosos

E carinhos de chamego.

Terapia intima,

Explorar o dengo

E passar o tempo sem fazer nada

Encantada em cada Segundo

Por ter o maior amor do mundo.

Sentimento profundo

Filme mudo…

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Sementes...

Sou tanta emoção junta

Que tenho dificuldade com o racional

E mentir é quase que impossível

Num corpo que sente

Antes mesmo de pensar.

Só quem conhece sabe

O dom e a dor de amar.

Perdão se estraguei alguma coisa,

Aprendi por mim mesma

Que nem tudo sai como a gente quer

E sentimentalismo é mesmo coisa de mulher.

Então aceita ou renúncia,

Só você sabe o que te sacia

E o mundo vai bem além

De olhares alheios.

Tudo que realmente importa

Faz parte da nossa própria horta.

A colheita vem depois das sementes.