quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Beijos e desejos


Beijos que lambusam
como chocolate,
aquecem como gole de conhaque.
Exótica sensação,
escorregar no seu corpo.
Que desejo louco.
Me entorpece aos poucos.
Esse cheiro afrodisíaco,
esqueço de mim e dos outros.
Não há paz,
você me transsatisfaz.
Quero muitas vezes mais.
Água na boca dos imortais.


Um comentário:

  1. Sabrina, bom dia!
    Pensei no seu poema tendo como fundo musical "Corcovado", de Tom Jobim:
    (...)
    Quero a vida sempre assim
    Com você perto de mim
    Até o apagar da velha chama
    E eu que era triste
    Descrente desse mundo
    Ao encontrar você eu conheci
    O que é felicidade, meu amor
    (...)
    Tenha uma doce quinta feira,
    Abraço,
    Chico Perna

    ResponderExcluir

É muito bom compartilhar idéias e pensamentos com vocês.

Obrigada!