sábado, 27 de junho de 2009

Sobre filhos...


Não sei se todos podem alcançar a sensação do que aqui descrevo, mas acho que ao menos sonhar ou idealizar é de livre arbítrio. Meu mundo se resume a dois desde que tenho dezesseis anos, resolvi assumir uma gradivez acidental e desde então sinto um sentimento tão único e fraterno que me cura e me fortalece de vários obstáculos da vida.
Ser mãe é uma grande responsabilidade, educar é abdicação, atenção e cuidado... agora amar é fácil, é delicioso. Toda vez que vejo a Brida e tenho ela por perto meu mundo fica completo, assim como sinto falta dela em pequenas andanças dela dormir na casa de amigas ou de minhas viagens. Ela é um retrato positivo e melhorado de mim mesma e a melhor criação que eu fiz até então.
Hoje aos trinta anos, já começo a sonhar com novas faces e aquelas noites sem dormir... pois idealizo ter mais filhos; mas curto cada passo novo com a Brida, que vai fazer quatorze anos, na semana que vem.
O tempo voa depois que nos aventuramos nessa experiência de acompanhar e auxiliar o desenvolvimento de uma espécie, mas também compensa tamanho amor nunca desfrutado antes. Por ela me esforço em ser melhor e me dedico com satisfação, pois assim que decidi em assumir tal posição materna fui abençoada e não importa o que acontecer, mesmo com falhas e erros sou amada. Minhas quedas são rápidas, meus sonhos são realizados, não tenho tempo a perder... levanto, faço acontecer, dou a volta por cima, pois tenho sempre em mente a minha menina.
Resumindo o que eu queria dizer, além de me ensinar a crescer; na vida Brida ilumina o meu ser.

 

5 comentários:

  1. Nossa você disse tudo!
    Também sou mãe.
    Filhos são mesmo combustíveis para nos tornarmos pessoas melhores.
    Se hoje tenho uma motivação é ele.
    Confesso que estou amadurecendo isso, e cheia de planos para nós dois.Mas só ele mesmo me traz a realidade e me leva aos sonhos.
    Ele me deu um sentido.


    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Fiquei emocionada com esse texto,
    esta perfeito; muita sutileza nas palavras impreganadas de AMOR. Nao so gosto das suas inspiracoes como tambem nos sentimentos que voce deixa transbordar quando escreve, confundindo os leitores, sera realidade ou imaginacao.
    Essa magia e que engrandece suas palavras.
    Apenas uma pequena analize de texto.
    Mas o que quero dizer mesmo e que Amo demais voce minha Neta linda e tudo que voce escreve.
    SAUDADES! Minhas LINDAS!
    TE AMO!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, belas palavras, que me fazem imaginar que bela mãe vc é. parabéns pra ti e pra tua filhinha!
    se não se importar, me animei a voltar pra ler e comentar mais vezes teus escritos
    beijo,
    Caio (na blogosfera, Unzuhause rs)
    http://www.unzuhause77.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. É magnífico realmente vivenciar essa magia e força que se desenvolve numa mulher quando se torna mãe.

    Vivenciei um pequeno pedaço dessa sua historia mas esse pouco ja desenvolveu tal adimiração a você, que cresce em mim a cada momento, se tranformando num desejo que antes nunca me havia despertado, a realização de um dia ser Pai!

    Voçê é exemplo de força e proteção... se Deus um dia me permitir, com você, outros crianças virão.

    love u!

    n.a.n.o.

    ResponderExcluir
  5. São mãe e filha nessa foto? minha nossa parecem irmãs e lindo o texto, amei o que escreveu, obrigado pela visita

    ResponderExcluir

É muito bom compartilhar idéias e pensamentos com vocês.

Obrigada!