terça-feira, 26 de maio de 2009

Persista mas não Insista










De repente a quem tente

Que pense que não sente

O ciclo da vida.

A verdade que arde

Com temor da descoberta

De que o fim é inexistente

O começo é o presente

De viver intensamente.

 

Livre-se do retorno

Para não ter mais o transtorno

De insistir, mas sim

Investir no que faz,

Existir.

 

Tente,

Mas não se mente,

Se reinvente.


 

2 comentários:

  1. Sá,
    adorei, belo texto ...
    Realmente às vezes a gente persiste tanto em tal coisa, que nem percebemos que não é para ser né?
    O jeitinho é aceitar e reinventar, gostei, rs...
    Beijos e linda terça feira

    ResponderExcluir
  2. salve, sabrina, que insistir, persistir e não desistir,inventando n(ovos) atos nascentes, na esperança de encher amazonas rumo a ares de mares de amares, sim, é o descaminho que nos toca.
    saudações,
    beijos
    luis de la mancha

    ResponderExcluir

É muito bom compartilhar idéias e pensamentos com vocês.

Obrigada!