domingo, 19 de abril de 2009

CRUEL by Deborah Colker

Corpos em movimento, o jogo entre o acaso e a necessidade. Através da dança,uma narrativa de estórias ordinárias que se repetem no cotidiano das pessoas. Cheia de cores, movimento, luz e músicalidade. Amores, amantes, família, laços atados e desatados no decorrer da vida, sempre os mesmos, nunca os mesmos, o movimento conflitante da própria estória de cada um. Histórias cruéis. Tudo intenso e forte. A direção de arte e cenografia de Gringo Cardia e o figurino assinado pelo estilista Samuel Cirnansck, complementaram a atmosfera numa sincronicidade perfeita. Excelente ver o quanto o Brasil é rico em arte e pessoas talentosas, sai muito orgulhosa do teatro. Vale a pena conferir!

Um comentário:

É muito bom compartilhar idéias e pensamentos com vocês.

Obrigada!